SciELO Livros

Editora FIOCRUZ

 

Reforma sanitária Brasileira: contribuição para a compreensão e crítica

Synopsis

Nesta obra um dos mais conceituados intelectuais da saúde coletiva recupera a história de três décadas de instituição da Reforma Sanitária no país, traçando uma análise crítica da conjuntura em que ela foi concebida, desde a criação do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), lembrando sua importância para esse movimento, até os dias atuais. Munido de extensa pesquisa documental, procura fundamentar a tese segundo a qual a proposta da Reforma Sanitária corresponde a uma reforma social, explicitando questões sobre seus limites e possibilidades futuras. Seus passos e construções reflexivas instigam a dúvidas, suscitam debates e impõem ao leitor considerações e posicionamento.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio
Apresentação
Introdução
A reforma sanitária como um fenômeno sócio-histórico
Pensando a sociedade e o estado no Brasil
Conjuntura da transição democrática da criação do cebes à constituição
A reforma sanitária como objeto de reflexão teórico-conceitual
O final do período Sarney
Período Collor
Período Itamar
Período FHC
Período Lula
Estratégias, forças políticas, bases sociais e práxis da reforma sanitária
Reforma sanitária e revolução passiva no Brasil
Comentários finais
Sobre a metodologia
Referências