Your browser doesn't support javascript.

SciELO Livros

SciELO Livros

Home > Pesquisa > (917)
Imprimir Exportar

Formato de exportação:



Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Esta página Sua seleção Todas as referências (max. 300)
|
Resultados 1 - 20 de 917
1.

Políticas e cuidado em saúde mental: contribuições para a prática profissional

(eISBN:9788575415115)
Organizador(es): Jorge, Marco Aurélio Soares; Carvalho, Maria Cecilia de Araujo; Silva, Paulo Roberto Fagundes da
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2014
Sinopse: Ao deslocar o foco da atenção do hospital para os serviços de abordagem comunitária, o movimento da Reforma Psiquiátrica tem proporcionado, desde a década de 1980, uma série de avanços, mas também muitos desafios. Superar o aparato manicomial exige a consolidação de outras formas de lidar com o sofrimento psíquico. Exige, portanto, que os profissionais de saúde mental estejam preparados para oferecer um tipo de cuidado diferenciado. Entre esses profissionais, destaca-se o trabalhador de nível médio, que desempenha um papel de ligação fundamental entre o serviço, o paciente, sua família e a comunidade. O objetivo desta coletânea é contribuir para a formação e a capacitação desses trabalhadores. Os transtornos mentais são abordados em uma dimensão ampla ao longo do livro, que aborda temas como políticas de saúde e de saúde mental no Brasil, saúde mental na atenção básica, estratégias de intervenção e terapêuticas.
2.

Frágeis deuses: profissionais da emergência entre os danos da violência e a recriação da vida

(eISBN:9788575415283)
Autor(es): Deslandes, Suely Ferreira
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2001
Sinopse: A autora demonstra o potencial da aplicação do que se poderia chamar de métodos 'clássicos' da pesquisa antropológica para além dos contextos sociais mais comumente explorados. A 'comunidade' estudada por Deslandes, cujos atores vêem-se interligados pela questão da violência, mescla uma composição ímpar, incluindo médicos, baleados, enfermeiros, esfaqueados, bombeiros, atropelados, entre outros. É uma 'comunidade' com características bastante particulares, como o intenso fluxo, a imensa tensão e a vivência de experiências-limite, mas ainda assim profundamente informadora sobre a realidade contemporânea brasileira.
3.

Deserdados sociais: condições de vida e saúde dos presos do estado do Rio de Janeiro

(eISBN:9788575415313)
Organizador(es): Minayo, Maria Cecília de Souza; Constantino, Patricia
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2015
Sinopse: Esta obra evoca uma discussão sobre as desigualdades, as iniquidades e a violência social entranhadas na realidade brasileira e expressas na situação de encarceramento. A questão da saúde é analisada em conjunto com o contexto social dos presos e as condições ambientais do encarceramento. Por meio de entrevistas, pesquisas, avaliações e observações, os autores buscam compreender o funcionamento do sistema prisional do Rio de Janeiro. A coletânea apresenta as condições sociais e de saúde dos presos e discute de que forma o ambiente das unidades prisionais impacta a saúde e a qualidade de vida dos detentos. Mostra, ainda, que o antes, o durante e o depois da prisão estão entrelaçados. Há “uma linha de continuidade entre o fora e o dentro da prisão, tanto nas condições sociais como no que afeta direta e indiretamente a saúde física e mental dos detentos, de seus familiares e até de seu entorno comunitário além de se evidenciarem ações que poderiam contribuir para que a vida no cárcere não fosse apenas castigo, dor e perpetuação da exclusão social”, afirma a socióloga Julita Lemgruber, responsável pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Candido Mendes. “A leitura deste livro passa a ser obrigatória para todos os que atuam no sistema, militam em direitos humanos e apostam na construção da democracia brasileira”, completa, no texto da quarta capa do livro. O objetivo é que promotores, integrantes da Defensoria Pública, gestores e demais profissionais envolvidos com o sistema prisional encontrem neste livro conhecimentos que contribuam para sua atuação.
4.

Avaliação por triangulação de métodos: abordagem de programas sociais

(eISBN:9788575415474)
Organizador(es): Minayo, Maria Cecília de Souza; Assis, Simone Gonçalves de; Souza, Edinilsa Ramos de
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2005
Sinopse: O livro sintetiza teoria e prática para a análise, o acompanhamento e o monitoramento de programas sociais. Trata-se de obra inédita na literatura científica cuja proposta é servir de base para a pesquisa de gestores de programas sociais, professores e estudantes universitários e de pós-graduação que necessitem de conhecimentos técnicos e operacionais sobre como avaliar os resultados de ações sociais.
5.

Conhecimento, inovação e comunicação em serviços de saúde

(eISBN:9788575415566)
Organizador(es): Cunha, Francisco José Aragão Pedroza; Lázaro, Cristiane Pinheiro; Pereira, Hernane Borges de Barros
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2014
Sinopse: Sensibilizar o leitor sobre a adoção e a assimilação de tecnologias de produção, circulação e acesso a informações gerenciais nos sistemas de atenção à saúde: este é o objetivo do livro. Três eixos temáticos compõem a obra: o primeiro aborda as políticas de informação, comunicação e inovação para os sistemas e redes de serviços em saúde; o segundo discute as perspectivas e limitações da política de inovação nos serviços de atenção e no Complexo Industrial da Saúde; e, por fim, o terceiro trata da comunicação organizacional e da difusão de inovações gerenciais em serviços de saúde. Os organizadores desta coletânea defendem que o habitus da interação precisa ser adotado, assimilado e incorporado por e entre sujeitos, organizações e instituições de Estado que promovem ciência, tecnologia, educação, comunicação e inovação no âmbito do SUS. Segundo eles, esforços nesse sentido são fundamentais para assegurar a saúde como um bem inalienável da sociedade.
6.

Nem soldados nem inocentes: juventude e tráfico de drogas no Rio de Janeiro

(eISBN:9788575415191)
Autor(es): Cruz Neto, Otávio; Moreira, Marcelo Rasga; Sucena, Luiz Fernando Mazzei
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2001
Sinopse: Fundamentada em pesquisa sobre o aumento da inserção de adolescentes no universo do tráfico de drogas, esta obra oferece uma análise histórica sobre as razões que levam ao envolvimento dos jovens com o 'mercado de drogas', especialmente no Rio de Janeiro. A proposta teve como diferencial o fato de ter sido elaborada com base no processo de avaliação do Sistema Aplicado de Proteção, cujo objetivo foi gerar condições socioeconômicas que impedissem a reincidência e favorecessem a reestruturação e o fortalecimento dos vínculos familiares de jovens que cumpriam medidas socioeducativas. A riqueza contida na experiência desses jovens é expressa nos vários depoimentos colhidos. O livro traça um panorama da situação, abordando todos os intrínsecos aspectos sociais que a envolvem.
7.

O corpo na história

(eISBN:9788575415559)
Autor(es): Rodrigues, José Carlos
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 1999
Sinopse: Resultado de estudo que o autor vem desenvolvendo há alguns anos, tendo inicialmente por objeto as representações sociais do corpo e da morte. O ponto de partida histórico arbitrado pelo autor - "porque qualquer recorte é arbitrário" - é a Idade Média, por vários motivos, entre os quais: por ser uma etapa histórica contra a qual as mentalidades e sensibilidades capitalistas se definem; por ser o 'outro específico' da civilização moderna e contemporânea, oferecendo, portanto, excelente material para pensar, indagar sobre, rever, contrastar e relativizar concepções e supostas verdades sobre o corpo.
8.

Estigma e saúde

(eISBN:9788575415344)
Organizador(es): Monteiro, Simone; Villela, Wilza
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2013
Sinopse: Estigma é definido como um atributo negativo ou depreciativo, que torna o sujeito diferente, diminuído ou possuidor de uma desvantagem. Mas o problema vai além: o estigma é também um dos processos sociais que reduzem o acesso à saúde por parte dos indivíduos e grupos afetados. No caso da Aids e do sofrimento mental, o estigma é, reconhecidamente, um dos maiores empecilhos aos avanços das políticas e ações que buscam garantir os direitos de seus portadores à dignidade e à cidadania. Aprofundar a análise dessas questões é o objetivo desta coletânea, que reúne dez capítulos, assinados por autores brasileiros e norte-americanos. Eles fazem alertas sobre os meandros da estigmatização e as formas de eliminá-la, buscando conexões entre as pesquisas acadêmicas e as práticas dos serviços de saúde.
9.

O antídoto do mal: crítica de arte e loucura na modernidade brasileira

(eISBN:9788575415443)
Autor(es): Dionisio, Gustavo Henrique
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2012
Sinopse: Em meados da década de 1940, a psiquiatra Nise da Silveira organizou ateliês de pintura e modelagem com os pacientes do Centro Psiquiátrico Pedro II. A produção desses ateliês – hoje acervo do Museu de Imagens do Inconsciente – chamou a atenção de cientistas e intelectuais da época. O interesse suscitado pelas obras não se restringia à sua utilidade no tratamento psiquiátrico: elas também exemplificavam um novo conceito de qualidade estética e, ainda, assumiam papel central num debate político mais amplo, sobre o lugar do louco e da loucura na sociedade. É com esse pano de fundo que se desenrolam as análises do livro, dividido em três capítulos. O primeiro traça um panorama do modernismo brasileiro. O segundo aborda as influências teóricas contidas na noção de “arte virgem”, do crítico de arte Mário Pedrosa. E, por fim, o terceiro faz uma análise comparativa da categoria de “arte virgem” com a de “arte bruta”, do intelectual francês Jean Dubuffet, salientando as especificidades da experiência brasileira. O autor se detém a uma problemática histórica, estudando um período marcado tanto pela ebulição da “arte informal” quanto pelo questionamento das práticas psiquiátricas, de onde resultou o reconhecimento da “arte de loucos”. A partir daí arte e loucura combinaram-se de tal forma que, hoje, quase ninguém duvida do potencial dessa união. “Este é um livro para artistas e críticos de arte e para profissionais que lidam com a loucura e a arte”, recomenda o editor da coleção.
10.

Escola do Meio Ambiente Com Vida

(eISBN:9788579837579)
Autor(es): Schmidt, Elizabeth M. dos Santos; Gabriel, Eliana Maria Nicoloni
Editora: Editora UNESP
Idioma(s): Português
Ano: 2016
Sinopse: Este livro reúne o material destinado às crianças dos primeiros anos do ensino fundamental. A Escola do Meio Ambiente (EMA) está situada numa área composta por cerrado, floresta estacional semidecidual, mata paludosa e floresta implantada de eucalipto, abrigando nascentes e a represa abastecida pelo Ribeirão Lavapés, que atravessa a zona urbana de Botucatu. A partir de investigações realizadas em conjunto com a escola, foram sendo obtidos dados sobre animais silvestres que frequentam as matas e as suas trilhas, por meio de visualização, vestígios, pelos seus rastros, além de imagens obtidas de câmeras fotográficas colocadas em diferentes locais no período noturno. A segunda etapa do trabalho foi realizada por meio de pesquisa de referências científicas sobre esses animais que vivem e passam pela mata da escola, para que fossem criadas as histórias e as ilustrações de cada espécie. Assim, esta edição apresenta 16 narrativas, com o objetivo de mostrar para as crianças que é preciso conhecer o lugar em que vivem e ter uma relação com a natureza para conhecer as espécies animais que estão muito próximas: tatu-galinha, capivara, lobo-guará, sabiá-laranjeira, alma-de-gato, tamanduá-bandeira, tucano, quero-quero, suçuarana, periquitão-maracanã, serelepe, ouriço-cacheiro.
11.

Universidade e sociedade: projetos de extensão da FCLAr-Unesp e suas ações transformadoras

(eISBN:9788579837562)
Organizador(es): Paiva, Cláudio Cesar de
Editora: Editora UNESP
Idioma(s): Português
Ano: 2016
Sinopse: O objetivo fundamental deste livro é apresentar algumas ações extensionistas que têm sido realizadas pelos docentes em conjunto com graduandos e pós-graduandos da Faculdade de Ciências e Letras, câmpus de Araraquara. Os projetos apresentados neste livro realçam explicitamente a importância da extensão universitária como elo responsável pela ligação da pesquisa científica de qualidade e inovadora, desenvolvida no âmbito da universidade, e a série de problemas (ambiental, econômico, educacional, de relacionamento humano, de sustentabilidade, etc.) que se apresentam na sociedade brasileira. Uma relação que se retroalimenta através de interações dialógicas, seguindo o princípio de que a construção do conhecimento deve ser feita a partir dos diversos saberes. Ao assumir esse princípio, a Universidade pública, através de suas ações extensionistas, torna-se mais sensível e porosa para as discussões dos problemas, das carências e dos desafios presentes e permanentes na sociedade brasileira. Nesse sentido, é relevante notar que o conjunto dos capítulos rechaça o entendimento da extensão universitária como uma ação assistencialista ou como prestadora de serviços. O pressuposto norteador é de uma extensão universitária que é portadora de uma ação transformadora em direção à justiça social e ao aprofundamento da democracia, dada sua capacidade de intervenção na dinâmica do território em que atua.
12.

A extensão universitária em comunicação para a formação da cidadania

(eISBN:9788579837463)
Organizador(es): Casadei, Eliza Bachega
Editora: Editora UNESP
Idioma(s): Português
Ano: 2016
Sinopse: Este livro reúne  textos de pesquisadores que trabalham a extensão universitária na área da comunicação em suas múltiplas vertentes. A partir de estudos que analisam desde aspectos teóricos até experiências práticas, discute temas como a importância da extensão para a formação universitária, a articulação da extensão com as políticas públicas na área de comunicação, sua integração com o mercado de trabalho, a efetiva convergência entre universidade e a sociedade mais ampla, suas implicações discursivas em meio aos novos cenários comunicacionais, as potencialidades para a criação de novas linguagens, as relações de poder no campo, as políticas acadêmicas em relação à extensão, o direito à comunicação, entre outros aspectos referentes aos modos como a extensão universitária em comunicação se liga à formação de práticas cidadãs em suas múltiplas acepções.
13.

Atuação pública e promoção da eficiência coletiva em arranjos produtivos locais

(eISBN:9788568334768)
Autor(es): Barbosa, Agnaldo de Sousa
Editora: Editora UNESP
Idioma(s): Português
Ano: 2016
Sinopse: A obra tem por objetivo analisar referências em abordagens que reconhecem a centralidade do papel do Estado e suas instituições com a atuação pública. Para tanto, verifica se o Estado é ou não o ator responsável pela emulação de mudanças estruturais indispensáveis ao incremento da dinâmica de desenvolvimento econômico-social.
14.

Estudos socioculturais em alimentação e saúde: saberes em rede, vol. 5

(eISBN:9788575114568)
Organizador(es): Prado, Shirley Donizete; Amparo-Santos, Ligia; Silva, Luisa Ferreira da; Arnaiz, Mabel Gracia; Bosi, Maria Lucia Magalhães
Editora: EDUERJ
Idioma(s): Português
Ano: 2016
Sinopse: Esta coletânea corresponde ao quinto volume da Série Sabor Metrópole, organizada pela Rede Ibero-Americana de Pesquisa Qualitativa em Alimentação e Sociedade, a REDE NAUS. Aqui estão presentes expressões do pensamento quando ele se volta para as relações sociais construídas em torno de discursos e práticas alimentares e corporais, tendo a saúde por horizonte último. Corresponde a espaço de reflexões sobre a comunicação quando ela se dirige à comida e ao corpo, compreendidos na cultura, na sociedade e na história. Dirige-se a estudantes, docentes, pesquisadores e profissionais de variadas formações, em especial, aqueles que atuam nos campos da Alimentação e Nutrição, Saúde e Humanidades.
15.

SUS: o desafio de ser único

(eISBN:9788575415276)
Autor(es): Ocké-Reis, Carlos Octávio
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2012
Sinopse: Ao investigar nosso sistema de saúde – o público e o privado –, este livro propõe alternativa para fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) e fustigar o poder econômico do capital financeiro e dos oligopólios. Afinal, segundo Ocké-Reis, esse sistema paralelo reproduz desigualdades sociais, favorece o crescimento do mercado e inviabiliza os preceitos constitucionais da saúde. Enquanto o SUS atravessa uma crise crônica de financiamento, a consolidação dos planos acaba concentrando renda e subtraindo recursos do setor público de saúde. De acordo com autor, o setor privado mais prejudica do que colabora com o setor público, porque o aumento do gasto privado e o fortalecimento do poder econômico corroem a sustentabilidade do financiamento público na arena política, levando a um círculo vicioso, caracterizado por uma queda relativa do investimento na saúde pública. Ocké-Reis, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), defende uma regulação substantiva do mercado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que não pode ter sua atuação ameaçada pela concentração, centralização e internacionalização das operadoras líderes. A ANS deve organizar o mercado na perspectiva do interesse público, impedindo que a assistência à saúde seja convertida em um bem de consumo como outro qualquer.
16.

A reforma psiquiátrica

(eISBN:9788575415436)
Autor(es): Desviat, Manuel
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2015
Sinopse: Versão atualizada da edição espanhola, apresenta e analisa alguns dos mais significativos processos de transformação internacionais em saúde mental, entre os quais está o processo brasileiro. O atual contexto, afirma o autor, tem acentuado medidas políticas e econômicas que enchem de incerteza o futuro dos serviços sanitários e sociais: a globalização da economia, as mudanças nos modos de produção, a precaridade do emprego e o aumento planetário da exclusão social, o que faz interrogar sobre a continuidade dos movimentos solidários iniciados depois da devastação da Segunda Guerra Mundial. Assim, na edição brasileira, além de atualizar temas, Manuel Desviat procura dar conta das repercussões dessas políticas na saúde mental e em suas instituições. "Esta segunda edição incorpora novas reflexões que Desviat vem recolhendo nos últimos anos em suas recorrentes viagens a todos os cantos da Espanha, assim como a vários países do mundo. A partir dessas reflexões e advertências, nas quais podemos tomar conhecimento da importância da sustentabilidade do modelo psiquiátrico contra-hegemônico, temos acesso a elementos importantes que podem nos ajudar a evitar os mesmos problemas pelos quais a Espanha e outros países passam. Se este livro já era atual, o é ainda mais com o novo posfácio sobre a resitência à contrarreforma e sobre novas estratégias para o futuro", avalia Paulo Amarante, editor responsável pela coleção Loucura & Civilização.
17.

Corte a mortalha: o cálculo humano da morte infantil no Ceará

(eISBN:9788575415139)
Autor(es): Nations, Marilyn
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2009
Sinopse: Estudo que trata da triste e desafiadora experiência de combate à mortalidade infantil no nordeste brasileiro, especificamente no estado do Ceará. Seus capítulos versam sobre a teoria, a metodologia, os cuidados clínicos e a ação comunitária e estão fundamentados na antropologia médica, que tem guiado os programas de atenção à saúde infantil nesse estado brasileiro. A obra conta ainda com farto material etnográfico coletado pela autora ao longo de décadas, relacionado a mães e filhos pobres, mortes de crianças, luto materno, ambientes fragmentados e predatórios e intervenções capazes de aumentar a sobrevivência infantil.
18.

Que controle social? Os conselhos de saúde como instrumento

(eISBN:9788575415221)
Autor(es): Correia, Maria Valéria Costa
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2000
Sinopse: Como atuam os conselhos de saúde? São realmente eficazes? Há manipulações, fraudes? Esta obra tata da necessidade do controle da sociedade sobre as ações do Estado e sobre a alocação dos recursos públicos para que sejam atendidos os interesses da coletividade. Particulariza tal controle sobre a política de saúde, abordando os conselhos de saúde como mecanismo institucionalizado para este fim. Descreve o processo de mercantilização da saúde e a influência do ideário neoliberal que vem dificultando a efetivação do SUS e desencadeando a desuniversalização e a privatização da saúde. Apresenta o resultado de um estudo de caso realizado em um conselho municipal de saúde brasileiro no qual avalia até que ponto este controlou de fato os recursos destinados ao Fundo Municipal de Saúde.
19.

Qual prevenção? Aids, sexualidade e gênero em uma favela carioca

(eISBN:9788575415214)
Autor(es): Monteiro, Simone
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2002
Sinopse: A partir da temática da proteção, Simone Monteiro relativiza o enfoque epidemiológico de risco, mostrando o modo como os jovens da comunidade de Vigário Geral encaram a sexualidade e suas implicações. Desconstruindo a idéia recorrente no imaginário social de que a questão da prevenção é amplamente difundida na sociedade brasileira, a autora nos apresenta reflexões, com base em depoimentos decorrentes de uma pesquisa aprofundada, que permitem um questionamento crítico sobre o verdadeiro alcance das políticas preventivas em saúde.
20.

Saúde global: uma breve história

(eISBN:9788575415245)
Autor(es): Cueto, Marcos
Editora: Editora FIOCRUZ
Idioma(s): Português
Ano: 2015
Sinopse: Neste livro, são analisados conceitos sobre a saúde global sempre levando-se em conta que o olhar histórico é fundamental para compreender os desafios das políticas de saúde. O termo saúde global costuma ser usado em resposta a eventos novos, como epidemias internacionais que atingem países ricos e pobres. Mas, afinal, saúde global e saúde internacional são ou não diferentes? O professor e pesquisador Marcos Cueto não se dedica a encerrar o debate, mas sim a estudar os termos saúde internacional e saúde global, investigando a trajetória de mudanças e continuidades das agências e programas internacionais envolvidos com a saúde da população durante o período de 1850 a 2010. Para ele, “este livro expressa a esperança de que o estudo da história da saúde global seja de utilidade para os encarregados da elaboração de políticas públicas e para os estudiosos dos sistemas de saúde em todos os países, auxiliando-os no controle das doenças alimentadas pela pobreza”.
Resultados 1 - 20 de 917