SciELO Livros

Editus

 

Violência, Samurais e o Bushido no cinema de Akira Kurosawa

Synopsis

O livro trata do uso da violência encenada no cinema como recurso narrativo, expressivo e discursivo. Tomando as cenas de luta como locais privilegiados para examinar a relação entre cultura e cinema, a obra examina como a violência encenada significa nas obras do diretor japonês e como esse processo faz dialogar tradições cinematográficas orientais e ocidentais, com a cultura marcial propagada pela figura do samurai e por seu código de honra, o bushido, importantes elementos do nacionalismo japonês.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
1 Introdução
2 Kurosawa: “o mais ocidental dos orientais”
3 O caminho do samurai: de casta a herói no cinema
4 Estruturas da violência em cena
5 Caminhos violentos: o samurai moderno, o ronin e os clãs
6 Considerações finais
Referências
Glossário