SciELO Livros

Editora UNESP

 

Selecionar, controlar e distribuir: o Instituto Nacional de Imigração e Colonização e a política imigratória brasileira (1952-1955)

Synopsis

O tema migratório ganhou destaque nas políticas públicas brasileiras durante o primeiro governo de Getúlio Vargas (1930-1945). Não obstante, em seu segundo governo (1951-1954), Vargas ainda se mostrava preocupado com a política imigratória que deveria ser implementada no Brasil. Com o objetivo de controlar e dirigir o movimento imigratório após a Segunda Guerra, o presidente propôs a criação do Instituto Nacional de Imigração e Colonização (INIC). Assim, o presente trabalho se propõe a analisar a configuração da política imigratória brasileira a partir da fundação desse Instituto, bem como as atividades e os debates ocorridos no primeiro ano de seu funcionamento.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales Preview PDF
Prefácio Preview PDF
Introdução Preview PDF
1. Discursos e práticas da política imigratória brasileira: entre o autoritarismo e a redemocratização Preview PDF
2. O retorno de Getúlio Vargas: debates sobre política imigratória e a fundação do Instituto Nacional de Imigração e Colonização Preview PDF
3. Da teoria à prática: as atividades incipientes do Instituto Nacional de Imigração e Colonização Preview PDF
Considerações finais Preview PDF
Referências Preview PDF
Creative Commons License All the contents of this work, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-Non Commercial-ShareAlike 3.0 Unported.