SciELO Livros

Editora FIOCRUZ

 

Acesso às urgências e atenção hospitalar: uma questão de direitos humanos

Synopsis

O livro Acesso Às Urgências e Atenção Hospitalar: Uma Questão de Direitos Humanos, novo título da coleção Temas em Saúde, tem como tema central a Rede de Atenção às Urgências (RAU), uma das redes prioritárias do Sistema Único de Saúde (SUS). Escrita pelas médicas Gisele O’dwyer e Mariana Konder, a obra trata a limitação e interdição do acesso dos usuários ao sistema como uma violação de direitos e questiona se o SUS pode ser mais “potente” quanto às urgências no Brasil. “A atenção às urgências também é objeto de significativos investimentos, resultando em crescimento, com a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)”, explicam as autoras na apresentação do livro. As pesquisadoras analisam a criação e funcionamento dos componentes assistenciais, sua formulação teórica e implementação no Brasil. Em cinco capítulos, Gisele O’dwyer e Mariana Konder buscam acrescentar ao debate do acesso à saúde no Brasil e tornar possível um Sistema Único de Saúde (SUS) potente, traduzido por meio do hospital e da atenção às urgências, em que se possa "praticar um SUS emancipatório, pautado na universalidade, na integralidade e na equidade e produtor de direitos sociais".

Table of Contents

Table of Contents / Sumário / Tabla de Contenido
Apresentação
1. Redes de atenção à saúde
2. Componentes pré-hospitalares da política de urgência
3. O hospital: principal componente da urgência
4. Atenção às urgências em sistemas universais
5. Direitos humanos, atenção hospitalar e às urgências
Considerações finais
Referências
Sugestões de leitura