SciELO Livros

Editora da Unicamp

 

Direitos em disputa: LGBTI+, poder e diferença no Brasil contemporâneo

Synopsis

O livro reúne um conjunto diverso de estudos sobre diversidade sexual e de gênero, com uma seleção abrangente e inédita de trabalhos que marcam o conhecimento que se produziu sobre gênero e sexualidade nos últimos 20 anos nas ciências humanas, incluindo saúde coletiva, ciências sociais, direito, educação, psicologia e serviços sociais. Diante dos enfrentamentos colocados pelo cenário atual, os textos convidam à releitura das primeiras duas décadas deste século e apresentam uma abordagem acessível de temas que atingiram grande refinamento conceitual e analítico.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio — Diferenças, disputas, esperanças
Apresentação
Ciência, política, diferença e processos de mudança
1. De homossexuais a LGBTQIAP+: sujeitos políticos, saberes, mudanças e enquadramentos
2. Contando as mortes: coproduzindo gênero, conhecimento e política no movimento trans
3. Interseccionalidade e diversidade nas universidades brasileiras: mudanças da última década
4. O nascimento do “orgulho grisalho”: idosos LGBT e as batalhas por viabilidades existenciais
Estado, direitos e políticas públicas
5. O processo contínuo de (re)fazer-se no Estado. Leitura de um ciclo da constituição da população LGBT(I+) no Brasil
6. Entre o desmonte e a resistência: reflexões críticas sobre cidadania, direitos humanos e políticas públicas para a população LGBTT no Brasil contemporâneo
7. Políticas educacionais de gênero e sexualidade no Brasil 2020: enquadramentos e enfrentamentos
8. Sexualidades, drogas e religião: práticas atualizadas da “cura gay” no Brasil
Corpos, sujeitos e movimentos
9. Homossexual, sapatão, travesti, traficante, viciada: gênero, sexualidade e crime em narrativas judiciais sobre mortes de LGBT
10. “Viver, brilhar e arrasar”:1 resistências e universos criativos entre pessoas negras e LGBT+ em São Paulo
11. Feminismos, coalizões e emergência de sujeitos políticos. participação de gays, bissexuais e homens trans na frente de mulheres dos movimentos do Cariri (CE)
12. Homens inesperados: emergência pública de transmasculinidades na cena brasileira do início dos anos 2000
Conservadorismo, política sexual e educação
13. Movimentos de cristãos LGBT no Brasil “evangélico”: pluralismo e as fronteiras da religião
14. “Ideologia de gênero” como elemento da retórica conspiratória do “globalismo”
15. Das políticas de gênero e sexualidade às políticas antigênero e antissexualidade no Brasil
16. Diversidade sexual e de gênero na adolescência e na juventude: entre desafios, controvérsias e resistências
Saúde, processos de regulação e de cuidado
17. Políticas de saúde voltadas à diversidade sexual e de gênero
18. Formas de cuidado como violência: Aids, silicone líquido e uso de hormônios em travestis e mulheres transexuais brasileiras
19. Intersexualidades, bioética e negociações técnico-políticas
20. A regulamentação da psicologia e as disputas em torno das resoluções CFP 01/1999 e CFP 01/2018
Autoras e autores