SciELO Livros

Editora FIOCRUZ

 

Políticas, planejamento e gestão em saúde: abordagens e métodos de pesquisa

Synopsis

Reúne alguns dos principais nomes da área de planejamento em saúde no país e apresenta um conjunto rico e diversificado de reflexões teórico-metodológicas, o que resulta em contribuições fundamentais para o incremento da área. Questões como desenvolvimento de estudos e formação de pesquisadores também estão presentes. Dividida em três partes, a coletânea analisa os desafios metodológicos em pesquisas do campo da saúde coletiva; aborda a questão da multidisciplinaridade e de como os estudos em saúde coletiva têm dialogado com outras áreas de conhecimento (como a história, a ciência política, a filosofia, a sociologia, entre outras); e traz reflexões sobre questões tais como o lugar da saúde nas relações internacionais, a promoção da saúde, a produção acadêmica relacionada à gestão do trabalho e da educação em saúde e, por fim, o acesso a medicamentos.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio
Apresentação
1. Engajamento ético-político e construção teórica na produção científica do conhecimento em saúde coletiva
2. Ciência, metodologia e pesquisa científica: anotações segundo a perspectiva construcionista
3. Produção científica na área de política, planejamento e gestão em saúde 1975-2010: temas e teorias
4. Perspectivas históricas na análise de políticas de saúde
5. Contribuições da arqueologia do saber para estudos da saúde coletiva
6. Estudos de políticas e a teoria da estruturação de giddens
7. Revisitando as metodologias qualitativas nas pesquisas de avaliação: vertentes, contribuições e desafios
8. Uma abordagem clínica psicossociológica na pesquisa sobre o cuidado em saúde e o trabalho gerencial
9. Saúde e relações internacionais: novo desafio teórico e metodológico da saúde coletiva
10. Gestão, trabalho e educação em saúde: perspectivas teórico-metodológicas
11. Avaliação de iniciativas em promoção da saúde: limites e desafios
12. Assistência farmacêutica e demandas judiciais de medicamentos: desafios teórico-metodológicos