SciELO Livros

EDUFBA

 

Infiltrados e invasores: uma perspectiva comparada sobre relações de classe no cinema brasileiro

Synopsis

A obra analisa as relações de classe em filmes brasileiros do período pós-retomada, entre ficções e documentários, realizando também aproximações com o cinema de outros tempos. Agrupados em pequenos conjuntos, filmes como “Que horas ela volta?”, “O som ao redor”, “Doméstica”, “Santiago” e “Um lugar ao sol” são colocados em diálogo numa perspectiva comparativa que oferece ao leitor um olhar crítico sobre tendências de nossa época. A partir da observação de aspectos formais, a autora avalia as tensões, os conflitos e os afetos entre personagens de classes distintas. O livro é fruto da pesquisa de doutorado de Mariana Souto, vencedora do Prêmio Capes de Teses em 2017.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio
Apresentação
Por um cinema comparado: inventários, coleções e séries
De peões a domésticas: uma série histórica
Relações de poder em casa e em cena
Dispositivos de infiltração
Documentários terroristas: notas sobre tocaia e armadilha
Os invasores
Considerações finais
Referências