SciELO Livros

Editora FIOCRUZ

 

Uma história das leishmanioses no novo mundo: anos 1960 ao século XXI – Amazônia

Synopsis

Do ponto de vista historiográfico e metodológico, a maior contribuição do livro é a capacidade dos autores de concatenar diferentes sujeitos e territórios na longa duração, estabelecendo fluxos geracionais, identificando influências intelectuais, mapeando genealogias e trajetórias, conectando diferentes tempos e espaços em torno de uma doença – a leishmaniose –, fazendo confluir múltiplos e independentes canais de energia criativa, digamos assim, para uma espécie de ponto de fuga. Ao mesmo tempo em que caracterizam uma comunidade epistêmica, tecem narrativas paralelas, tal como um argumento que se desenvolve em camadas. Por exemplo, esmiuçam as controvérsias científicas inerentes à parasitologia, como a da relação parasita hospedeiro, enquanto exploram as agruras políticas e ambientais decorrentes da descoberta de Carajás ou da construção da Transamazônica. O que une ou costura a narrativa de Benchimol e Peixoto é a leishmaniose, presente no horizonte de interesses de pesquisadores de diversas nacionalidades, nas agendas de instituições de pesquisa e de agências governamentais, no dia a dia de serviços médicos e de saúde e na vida das populações afetadas por desastres perpetrados pelo Estado brasileiro.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio – A leishmaniose em perspectiva histórica: sujeitos, instituições e política
Introdução
Capítulo 1 – Os britânicos na América Central
Capítulo 2 – O Instituto Evandro Chagas e a Unidade de Parasitologia do Wellcome Trust
Capítulo 3 – Lainson, Shaw e colaboradores em campo
Capítulo 4 – A reconfiguração da área da saúde durante o regime civil-militar
Capítulo 5 – As grandes obras na Amazônia: leishmanioses e outras doenças
Capítulo 6 – Seguindo as pesquisas de Lainson, Shaw e colaboradores
Capítulo 7 – Leishmanioses, ciência e saúde no estado do Amazonas
Capítulo 8 – Programa do Trópico Úmido e as pesquisas em medicina tropical no Amazonas e Pará
Referências documentais e bibliográficas