Editora UNESP

Há algum tempo as editoras deixaram de ser empresas que meramente publicam livros. Elas precisaram se tornar algo mais do que isso: uma casa de ideias, que detém o conhecimento do passado, reflete sobre o presente e lança os debates para as perspectivas do futuro. Um lugar que ajuda a sociedade a trilhar um caminho de maior lucidez, conectado ao mundo contemporâneo.

Quando, em 1987, a Universidade Estadual Paulista (Unesp) fundou sua editora, o projeto que havia para esta empreitada já anunciava esses ideais. Foi então que, em 1996, para consolidar esses objetivos, a Editora Unesp se transformou em Fundação Editora da Unesp, após aprovação do Conselho Universitário, visando expandir sua atuação por meio de um novo modelo de organização social, que estava mais de acordo com a representatividade que a instituição pretendia alcançar, de ser algo além de uma editora.

A Fundação Editora da Unesp já tem, portanto, em sua própria concepção, uma meta de democratização do conhecimento e um potencial agregador como nenhum outro. Ela serve de principal ponte entre uma das mais exemplares universidades brasileiras e a sociedade.

É por meio da FEU que a produção acadêmica e científica da Unesp pode chegar à população, como uma forma de mostrar o extenso trabalho de pesquisa realizado nesta instituição. Mas, além disso, a FEU traz ainda um grande leque de outros livros de pensadores e estudiosos consagrados, no Brasil e no exterior, que compõem um acervo também repleto de obras clássicas e contemporâneas. Para garantir o acesso a essa produção, a FEU conta com livrarias próprias, com loja física, virtual e móvel, que proporcionam o contato com o público leitor.

Ainda acompanhando este caráter difusor, a Editora Unesp também demonstra seu compromisso com a educação por meio da implantação da Universidade do Livro (Unil). Com a proposta de se configurar como um braço educacional da FEU, a Unil realiza cursos, palestras e encontros, promovidos dos profissionais e aspirantes do setor editorial.

Para completar este perfil social, a Fundação entrou de vez na Era da Informação, promovendo o acesso à leitura. O lançamento da Coleção Propg Digital, com textos produzidos na pós-graduação da Unesp, disponibiliza obras para download gratuito, permitindo um alcance social ilimitado aos usuários. Esta iniciativa é algo que permanece inédito entre as demais editoras brasileiras, sendo a FEU a pioneira nesta prática.

Mesmo com o já reconhecido histórico de ativa participação no trabalho associativo, ao fazer parte de grupos como a Associação Brasileira das Editoras Universitárias (Abeu) e a Associação de Editoras Universitárias da América Latina e do Caribe (Eulac), a FEU buscou sempre um ideal de cumplicidade com a sociedade e com o saber.

Link: http://editoraunesp.com.br

Os comentários estão fechados.