Editora UNESP

Há algum tempo as editoras deixaram de ser empresas que meramente publicam livros. Elas precisaram se tornar algo mais do que isso: uma casa de ideias, que detém o conhecimento do passado, reflete sobre o presente e lança os debates para as perspectivas do futuro. Um lugar que ajuda a sociedade a trilhar um caminho de maior lucidez, conectado ao mundo contemporâneo.

Quando, em 1987, a Universidade Estadual Paulista (UNESP) fundou sua editora, o projeto que havia para esta empreitada já anunciava esses ideais. Foi então que, em 1996, para consolidar esses objetivos, a Editora UNESP se transformou em Fundação Editora UNESP, após aprovação do Conselho Universitário, visando expandir sua atuação através deste novo modelo de organização social, que estava mais de acordo com a representatividade que a instituição pretendia alcançar. Afinal, precisávamos crescer em nossa proposta organizacional para garantir o compromisso firmado de sermos algo além de uma editora.

A Fundação Editora UNESP já tem, portanto, em sua própria concepção, uma meta de democratização do conhecimento e um potencial agregador como nenhum outro. Ela serve de principal ponte entre uma das mais exemplares universidades brasileiras e a sociedade. É através da FEU que a produção acadêmica e científica da UNESP pode chegar à população, como uma forma de mostrar o extenso trabalho de pesquisa realizado nesta instituição. Mas, além disso, a FEU traz ainda um grande leque de outros livros de pensadores e estudiosos consagrados, no Brasil e no exterior, que compõem um acervo também repleto de obras clássicas e contemporâneas. Para garantir o acesso a essa produção, nós contamos com nossas livrarias, tanto a física como a virtual, que proporcionam o contato com o público leitor.

Link: http://editoraunesp.com.br

Os comentários estão fechados.