SciELO Livros

EDUERJ

 

Diálogos curriculares entre Brasil e México

Synopsis

Enquanto no Brasil o sentido do currículo é intrinsecamente associado à discussão sobre a educação básica, no México o pensamento curricular demonstra-se vinculado ao ensino superior. Diferenças como essa são apresentadas neste livro por professores de ambos os países, em um debate que ultrapassa fronteiras. Os ensaios abordam temas como a organização curricular, a cultura escolar, a avaliação, a formação dos professores, a pesquisa e a pós-graduação, entre outros.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Diálogos curriculares
Notas para a reativação do discurso teórico curricular no México
Ainda é possível um currículo político?.
Notas conceituais sobre a relação entre justiça curricular e currículo intercultural
Currículo, cultura e diferença
A tensão particularidade-universalidade da cultura: reflexões sobre a escrita autobiográfica e a formação de professores
Escola, sujeitos e formação de professores
Impacto das políticas de avaliação e de qualidade nos projetos curriculares
Justiça na avaliação: igualdade e equidade
Cultura e contornos sociais: transversalidade no currículo universitário
Currículo, cultura e formação: desafios para a universidade frente às diretrizes nacionais para a educação em direitos humanos
É possível ensinar competências dissociadas dos conteúdos curriculares?
Organização curricular: um campo de antagonismos
A pós-graduação no México: debates em torno da formação
Produção e circulação de conhecimento no Nordeste do Brasil: contribuições de importantes interlocutores
Sobre os autores
Sobre os tradutores