SciELO Livros

Editora UNESP

 

A relação entre o Estado e os sindicatos sob uma perspectiva territorial

Synopsis

"As organizações de trabalhadores passaram por importantes transformações no início do século XX, quando o Estado brasileiro deixou de se pautar por uma lógica liberal e assumiu uma perspectiva corporativa. Este livro mobiliza conceitos geográficos para analisar como os sindicatos organizavam suas ações territoriais e de que maneira o Estado interferia nelas. O período estudado contempla uma mudança na relação dos mecanismos estatais nas entidades dos trabalhadores, sendo que se no início do século tratava essencialmente de reprimir as manifestações operárias, por volta da década de 1930 influía diretamente na organização classista, com o fim da pluralidade sindical e o estabelecimento de uma ação sindical única, por exemplo. A relação entre o Estado e os sindicatos sob uma perspectiva territorial nos fornece, assim, um estudo aprofundado das conformações do sindicalismo no início do século XX e apresenta uma contribuição significativa de como a Geografia pode ser apropriada para o estudo dos movimentos sociais."

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales Preview PDF
Lista de mapas e tabelas Preview PDF
Lista de siglas Preview PDF
Agradecimentos Preview PDF
Introdução Preview PDF
1 - Metodologia de pesquisa Preview PDF
2 - O estado liberal e suas relações com o movimento operário no Brasil Preview PDF
3 - A ação territorial dos sindicatos-revolucionários sob o Estado liberal Preview PDF
4 - A formação de um estado corporativo e o movimento sindical no pós-1930 no Brasil Preview PDF
5 - As territorialidades dos sindicatos e a ação estatal nos anos de 1930 Preview PDF
Considerações finais Preview PDF
Referências bibliográficas Preview PDF
Creative Commons License All the contents of this work, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-Non Commercial-ShareAlike 3.0 Unported.