SciELO Livros

Editora FIOCRUZ

 

A violência oculta do trabalho: as lesões por esforços repetitivos

Synopsis

Após retrospectiva sobre a violência que acompanha as relações conflituosas entre capital e trabalho nos diversos ciclos da Revolução Industrial, inclusive no Brasil, em que uma das formas é o modo de adoecer e prematuramente morrer dos trabalhadores, o autor sinaliza o papel do Estado e da medicina do trabalho como instâncias normalizadoras e de intervenção na área, com base nas teorias 'positivas' do nexo causal e ocupacional. A seguir, analisa a violência oculta do trabalho em uma atividade exemplar, a bancária, investigando quando e porque emergem as LER, descrevendo todo o percurso desse adoecimento coletivo e do trabalho com base em 346 depoimentos escritos por trabalhadores de um banco estatal.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales Preview PDF
Prefácio Preview PDF
Apresentação Preview PDF
Introdução Preview PDF
Da violência explícita à oculta Preview PDF
A violência oculta em uma atividade exemplar Preview PDF
Os sinais da violência Preview PDF
LER: uma doença emblemática Preview PDF
As LER no banco do estado de São Paulo Preview PDF
Decifrando a fala Preview PDF
Resistência e movimentos sociais Preview PDF
Referências bibliográficas Preview PDF
Creative Commons License All the contents of this work, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-Non Commercial-ShareAlike 3.0 Unported.