SciELO Livros

EdUFSCar

 

Imagens do pai no cinema: clínica da cultura contemporânea

Synopsis

Neste livro o psicanalista João Angelo Fantini discute questões como a violência, a transgressão e os sintomas encontrados na clínica atual, tendo como pano de fundo as formas como a figura do pai é encenada em diversas produções cinematográficas nesta passagem e início de século, especialmente aquelas que obtiveram grande público, como Matrix, Clube da Luta, Beleza Americana, Central do Brasil, De olhos bem fechados, entre outras. Partindo de Freud e Lacan, o autor realiza uma clínica da cultura, interligando imagens e conceitos em um percurso que aborda desde as origens históricas do lugar do pai na cultura até as questões contemporâneas do ciberespaço, abrindo novas perspectivas para entender os dilemas da constituição do sujeito em um mundo regido pelo império imagético. Destinada aos interessados em cinema, mídias e na cultura em geral, esta obra foi escrita não apenas para os iniciados em psicanálise, mas para todos os leitores que não podem prescindir de um estudo aberto sobre as sociedades do nosso tempo.