SciELO Livros

Editus

 

Educação do campo: políticas e práticas

Synopsis

Nesse volume, foram selecionados textos, cujo objetivo principal é promover e aprofundar o debate das temáticas que se entrecruzam nas relações dos movimentos sociais do campo e da cidade com a educação, oferecendo aos professores do ensino superior, gestores, estudantes, militantes de movimentos sociais e profissionais da educação básica uma opção de leitura sobre a temática.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Sobre os organizadores
Apresentação
Eixo 1 — Educação do campo: concepções e práticas
Movimentos sociais e educação: trajetória teórico-prática na investigação educacional
A prática pedagógica em uma escola quilombola multisseriada do município de Valença-BA
A prática educativa emancipadora nas escolas do campo
Contradições entre teoria e prática na implementação da proposta de educação do MST na Bahia
Eixo 2 — Educação do campo: políticas educacionais em discussão
O MST e a educação: limites e possibilidades de re-invenção da educação no campo brasileiro
Entre o PRONERA e o PRONACAMPO: onde fica a reforma agrária?
Peculiaridades da gestão escolar em regionais do MST na Bahia
Eixo 3 — Discussões sobre a formação de professores e identidade dos sujeitos do campo
Reflexões sobre educação do campo e a formação de professores do meio rural
Superando barreiras, tecendo experiências, construindo a licenciatura em educação do campo na UFRRJ
A educação em uma escola rural quilombola: reflexões acerca da construção da identidade dos educandos
Cultura popular e educação como recurso didático para a Educação de Jovens e Adultos
Pedagogia da alternância: uma experiência camponesa
O currículo da educação de jovens e adultos do/no campo: análise do projeto de escolarização PRONERA/UESC
O olhar dos movimentos sociais do campo na implementação do PRONERA: um estudo de caso da universidade estadual de Santa Cruz
Educação não escolar: uma percepção acerca dos espaços não escolares na cidade de Ilhéus-Bahia