SciELO Livros

Editora FIOCRUZ

 

Burocracia e implementação de políticas de saúde: os agentes comunitários na Estratégia Saúde da Família

Synopsis

"Traz uma análise inovadora do campo das políticas públicas e da saúde coletiva. Investiga um viés pouco explorado dessa questão: a implementação das políticas e programas de saúde no Brasil com um olhar para a atuação dos burocratas, mais especificamente dos ‘burocratas de nível de rua’, como são chamados no livro os agentes comunitários de saúde. Estes profissionais da Estratégia Saúde da Família, responsáveis por implementar grande parte do programa nos domicílios dos usuários, têm a particularidade de ser recrutados na comunidade onde devem atuar e têm, portanto, uma dupla vinculação: ao Estado e à comunidade. Eles estão na ponta do serviço público, em contato direto e constante com os cidadãos. Ao analisar a dinâmica de interações entre os agentes e os usuários, a autora mostra como valores, crenças e ideias contribuem para mudar as políticas públicas tais como foram concebidas originalmente. A tese que deu origem ao livro recebeu menção honrosa na edição 2011 do concurso de melhores teses da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs) e é vencedora do Prêmio Sérgio Arouca – Gestão Participativa no SUS 2009, do Ministério da Saúde."

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio
Apresentação
1. Implementação de Políticas Públicas: teorias e análises
2. A Burocracia na Implementação: os agentes comunitários de saúde na Estratégia Saúde da Família
3. Contextos e Fatores Organizacionais na Implementação da ESF
4. Fatores Relacionais: o papel das redes sociais e do perfil de afiliação no processo de implementação
5. Entre Práticas e Estilos de Interação: o exercício da discricionariedade
6. Explicando a Atuação dos Agentes Comunitários de Saúde
Reflexões finais
Anexos
Referências