SciELO Livros

Editora FIOCRUZ

 

Arquivos da loucura: Juliano Moreira e a descontinuidade histórica da psiquiatria

Synopsis

Vera Portocarrero propõe-se a refletir até que ponto o novo modelo psiquiátrico trazido por Juliano Moreira e seus contemporâneos se constitui como uma ruptura do saber e da prática psiquiátrica no Brasil. Dirigindo-se à análise de arquivos, a autora procede a uma análise de discursos e de documentos, especialmente arquivos brasileiros encontrados na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, nas bibliotecas de medicina, do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, dentre outros. Os discursos encontrados nesses arquivos são analisados dentro de uma perspectiva foucaultiana, ultrapassando, desse modo, a simples ordenação memorialística; deixando uma suspeita em relação ao discurso psiquiátrico dominante e apontando uma descontinuidade histórica no que diz respeito à articulação do saber com as práticas e seu caráter estratégico.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales Preview PDF
Prefácio Preview PDF
Introdução Preview PDF
Parte I - A teoria psiquiátrica no Brasil: nova configuração nas primeiras décadas do século XX Preview PDF
1. Da doença mental à anormalidade Preview PDF
2. Um novo modelo teórico Preview PDF
Parte II – O século XX e a nova configuração da prática psiquiátrica no Brasil Preview PDF
3. A prática psquiátrica como cura da anormalidade Preview PDF
4. Um sistema completo de assistência aos insanos Preview PDF
Conclusão Preview PDF
Referências bibliográficas e fontes Preview PDF
Creative Commons License All the contents of this work, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-Non Commercial-ShareAlike 3.0 Unported.