SciELO Livros

Editora FIOCRUZ

 

Parto natural, parto humanizado: perspectivas de mulheres de camadas populares e médias

Synopsis

Resultado de pesquisa para a realização de tese de doutorado da autora Olivia Hirsch, o livro Parto Natural, Parto Humanizado: perspectivas de mulheres de camadas populares e médias se debruça sobre experiências de parto humanizado em dois diferentes segmentos sociais de uma metrópole do Brasil. Em um paí­s que dissemina amplamente a prática de cesáreas agendadas, por que certas mulheres de camadas médias desejam um parto natural e humanizado, sem anestesias ou outros tipos de intervenção? Por outro lado, por que algumas mulheres de camadas populares abrem mão do atendimento por médicos e preferem ser atendidas exclusivamente por enfermeiras e obstetras? Ao buscar responder a essas e outras questões, a pesquisadora investigou - a partir de um universo composto de 37 gestantes e puérperas - mulheres sob diferentes contextos: das vinculadas a uma casa de parto pública às frequentadoras de um grupo de preparação para o parto. Jornalista de formação, Hirsch é doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Pontifí­cia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), instituição na qual é docente do quadro complementar do Departamento de Ciências Sociais. A publicação em livro de sua tese de doutorado contribui, segundo a pesquisadora Sonia Giacomini afirma na apresentação da obra, para "todas que lutam para desnaturalizar as relações de gênero e de classe em que estão envolvidas, as quais muitas vezes tornam desigual o acesso à possibilidade de decidir que tipo de parto cada mulher deseja realizar".

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio
Apresentação
1. O Parto Humanizado: uma crítica aos excessos da modernidade
2. Em uma casa de parto pública
3. Em um grupo privado de preparação para o parto
4. Diferenças e aproximações
Notas
Referências