SciELO Livros

EDUEM

 

José de Alencar: sou americano para o que der e vier

Synopsis

JOSÉ DE ALENCAR: Sou americano para o que der e vier apresenta o escritor José de Alencar como o fundador do romance americano no Brasil, A pesquisa, realizada pelo prisma de um olhar americanista, apontou nos romances, prefácios e notas deixadas pelo romancista um projeto literário que abarcou o continente americano. Desta maneira, o conceito de americanidade possibilitará uma leitura da obra alencariana no âmbito das negociações identitárias. Postula-se a figura do romancista como aquele que primeiro defendeu, no Brasil, a construção de um romance das Américas, que propôs narrar a lenta gestação do povo americano no seu projeto de literatura.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio
Introdução
Capítulo I - Americanidade: a busca de um conceito
Capítulo II - Política e negociações literárias internas no sistema literário romântico
Capítulo III - Alencar e os pampas, uma possibilidade de olhares cruzados entre Brasil e Argentina no século XIX
Capítulo IV - José de Alencar, um escritor indigenista
Considerações finais
Referências