SciELO Livros

Editus

 

Identidade e resistência afro-brasileira na obra de Jorge Amado

Synopsis

A identidade afro-brasileira é tomada como mote para reler os romances Jubiabá, Gabriela, cravo e canela e Tenda dos milagres, buscando caracterizar os traços de tradição, tradução, hibridismo e resistência neste estudo, que se justifica por analisar as características do grupo étnico afro-brasileiro como vetores para despertar no cidadão o reconhecimento do valor das minorias étnicas. As análises conduzem à conclusão de que o respeito às identidades culturais diversas deve ser propagado através da divulgação da literatura.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
1 - Introdução
2 - Preceitos teóricos de literatura e identidade cultural
3 - Biobibliografia de Jorge Amado
4 - Tradução, tradição, hibridismo e resistência da identidade afro-brasileira na literatura amadiana
5 - Considerações finais
Referências