SciELO Livros

EDUFBA

 

Incentivo fiscal à alimentação do trabalhador: uma abordagem sociogenética

Synopsis

Num diálogo entre as áreas da nutrição e da saúde coletiva, o autor realiza um trabalho investigativo acerca do Programa de Incetivo Fiscal à Alimentação do Trabalhor (Pifat) ou Programa de Alimentação do Trabalhador (Pat), até então pouco discutido, enveredando-se numa análise sociogenética do programa. Ele remonta à década de 1930, quando surgiram as primeiras políticas públicas do tipo, desenvolvendo o seu estudo até chegar às problemáticas surgidas durante a implantação do programa, envolvendo os agentes e as instituições que participaram do processo.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio
Apresentação
Introdução
O Programa de Incentivo Fiscal à Alimentação do Trabalhador (Pifat/PAT)
Antecedentes
O golpe militar e as alterações no espaço de formulação das políticas de alimentação e nutrição
A construção social do Pifat/PAT
Ruptura com o modelo Saps: Pifat/PAT
Reestruturação (e fortalecimento) do mercado de refeições para o trabalhador
O Pifat/PAT e o trabalhador
A posição dos nutricionistas no espaço Pifat/PAT
Pifat/PAT, um espaço social
Espaço dos pontos de vista sobre o Pifat/PAT no campo científico
Considerações finais
Posfácio - A amnésia da gênese como obstáculo superável
Referências
Apêndices
Anexos