SciELO Livros

EDUFBA

 

Pele negra, máscaras brancas

Synopsis

Examina a negação do racismo contra o negro na França, tendo sua primeira edição, em português, em 1963. É um clássico do pensamento sobre a diáspora africana, sobre a descolonização, a arquitetura psicológica, a teoria das ciências, a filosofia e a literatura caribenha. Analisa o axioma que causou grande turbulência nas décadas de 60 e 70: como a ideologia que ignora a cor pode apoiar o racismo que nega.