SciELO Livros

Editora UNESP

 

Ziembinski, o encenador dos tempos modernos: a construção de uma trajetória na crítica de Décio de Almeida Prado (1950-1959)

Synopsis

Na primeira metade do século XX o teatro brasileiro passou por um processo de atualização que contou com a liderança de personalidades que marcaram a cultura nacional. Neste complexo cenário de renovação da cena houve a participação do diretor e ator polonês Zbigniew Marian Ziembinski (1908-1978), fugitivo da Segunda Guerra Mundial ele aportou no Brasil, em 1941. O movimento de atualização estética no teatro estava em curso desde a década de 1920 e os esforços de Ziembinski se somaram ao grupo de atores, atrizes, dramaturgos e críticos que desejavam introduzir nos palcos nacionais novas concepções de encenação.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales Preview PDF
Prefácio Preview PDF
Introdução Preview PDF
1 - Os teatros carioca e paulista antes da chegada de Ziembinski Preview PDF
2 - A construção da imagem de Ziembinski Preview PDF
3 - A legitimação do diretor na pena do crítico Décio de Almeida Prado Preview PDF
Conclusão Preview PDF
Referências bibliográficas Preview PDF
Creative Commons License All the contents of this work, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-Non Commercial-ShareAlike 3.0 Unported.