SciELO Livros

EDUNEB

 

Encruzilhadas no coração de Shirley: a cidade, o gênero e o corpo no cinema de Edyala Yglesias

Synopsis

O livro surge do fascínio do autor Jober Pascoal pelo filme No coração de Shirley, realizado por Edyala Iglesias, em 2002, com suas personagens divergentes, a cidade que lhe deu forma e a realidade que o produziu. Em um texto rigoroso e criativo, Jober Pascoal faz do filme, um curta-metragem de 20 minutos de duração, o núcleo de seu trabalho, articulando o filme e a cidade de Salvador para discutir gênero e o mercado do sexo num tradicional local de trabalho noturno de prostitutas e travestis. Manejando um número expressivo de referências bibliográficas e filmografias – de Michel Foucault a Gilles Deleuze; de Simone de Beauvoir a Judith Butler; de Ítalo Calvino a Pierre Bourdieu, entre tantos outros autores, Jober Pascoal cria um instigante percurso de análise que vai da “cidade invisível”, obscura e alegórica, a “cidade proibida”, aquela reinventada por atos de micro resistências, em cada uma de suas três perspectivas de abordagem: a cidade, o gênero e o corpo.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Prefácio
Introdução
No coração da cidade invisível
Um cinema de que gênero?
Entre as malhas do corpo “outro”: a prostituta, a travesti
Quebrando o espelho
Referências