SciELO Livros

EDUERJ

 

Tereza Cristina de Bourbon: uma imperatriz napolitana nos trópicos 1843-1889

Synopsis

Mais do que tecer uma biografia da terceira e última imperatriz do Brasil, o autor procura mostrar como a soberana foi fundamental para a construção das identidades nacionais da Itália e do Brasil, especialmente por meio do apoio à política de migração italiana no final do século XIX, momento em que a escravidão brasileira era abolida e a necessidade de mão de obra livre aumentava. O resultado contribui para a compreensão do presente dos dois países.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Apresentação
Prefácio – Uma Imperatriz nos trópicos
Premissa – Sobre seres anfíbios, fantasmas e estranhas aparições. Introdução a uma história ainda a ser explorada
Capítulo I – Etnografia, escavações, arqueologia dos sentimentos
Capítulo II – Matrimônio combinado, matrimônio mal estudado
Capítulo III – Teresa Cristina, D. Pedro e a “república italiana das artes” na corte do Rio de Janeiro
Capítulo IV – A imperatriz arqueóloga
Capítulo V – Sucessos, alegrias e dores da imperatriz
Capítulo VI – Exílio, morte, exaltação e recalque da “Mãe dos Brasileiros”
Capítulo VII – A paixão de Teresa Cristina. Epistolário amoroso
Conclusões – O Brasil italiano
Referências
Sobre o autor