SciELO Livros

Editora da UFRGS

 

A tentação fascista no Brasil: imaginário de dirigentes e militantes integralistas

Buy at:

Synopsis

Embora o conteúdo deste livro esteja focado na análise das entrevistas com ex-dirigentes e militantes do integralismo, no seu “Epílogo: ainda a tentação fascista no Brasil?” discute-se a nova conjuntura mundial e brasileira. Não se pode subestimar a importância dos novos populismos de direita que, desde a década de 1980, emergiram na Europa, especialmente os partidos, movimentos e governos que tiveram uma ascensão considerável nos principais países. Hoje o Integralismo faz parte da literatura internacional sobre o fascismo. Para Stanley Payne (University of Wisconsin), “o único que alcançou real importância e que, de fato, se converteu no único grande partido latino-americano que se aproximou em quase todos os aspectos do fascismo europeu, foi a AIB de Plínio Salgado, fundada em 1932”. Para além de um trabalho acadêmico o livro traduz de forma extraordinária o que o fascismo significou para os brasileiros que se uniram ao movimento, o surgimento de Plínio Salgado, seu líder, no contexto político do início da década de 30, a organização e, o que é mais importante, o espírito e estilo do movimento. Trata-se de uma obra que nos permite salientar adequadamente temas comuns que definem um movimento como nitidamente fascista, possibilitando descobrir as variedades de fascismo dentro de sua unidade básica e aprofundar a análise das diversas famílias ideológicas no interior do fascismo.

Table of Contents

Front Matter / Elementos Pré-textuais / Páginas Iniciales
Nota prévia
In memorian – Juan J. Linz (1923 - 2013)
Introdução - O fascismo na América Latina em debate
O universo ideológico do integralismo
Entrevistas com dirigentes e militantes da AIB
Imaginário da elite dirigente
Dirigentes e militantes locais
Olhares externos de intelectuais independentes
Epílogo - Ainda a tentação fascista no Brasil?
AIB – Cronologia comparada – Brasil e Exterior (1870-1939)
Bibliografia
Anexos